Calendário Bolsa Família 2018


O programa Bolsa Família 2018 foi criado pelo Governo Federal em 2004 e é administrado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. A Caixa Econômica Federal é a instituição responsável pelo pagamento do benefício em todo o território nacional, e os benefícios pagos variam entre R$ 39,00 e R$ 372,00, através do calendário Bolsa Família 2018. Apensar de receber críticas, o Programa Bolsa Família é responsável por manter fora da pobreza mais de 20 milhões de cidadãos brasileiros.

Calendário Bolsa Família 2018

Calendário Bolsa Família 2018 – Tabela de pagamentos Bolsa Família 2018

Como se sabe, o benefício é parte de um programa de distribuição de renda que possui reconhecimento internacional. É através dele que aproximadamente 20 milhões de famílias brasileiras têm acesso à uma vida mais digna, com maior inclusão social.

Neste artigo você encontrará todas as informações pertinentes ao calendário, a consulta ao saldo, o recadastramento e o público-alvo do Programa Bolsa Família 2018. Ficou curioso? É só me acompanhar pelos próximos parágrafos.

Calendário do Bolsa Família 2018

O novo calendário do Bolsa Família 2018 já foi divulgado, como já é costume em todo inicio de ano. Para fazer a consulta é necessário que você observe qual é a data do pagamento referente ao último número do seu NIS (Número de Identificação Social), ou seja, aquele que finaliza o seu cadastro no programa e que se encontra gravado no seu cartão Bolsa Família.

Calendário Bolsa Família 2018

Calendário Bolsa Família 2018 – Tabela Bolsa Família de pagamentos

Como se pode observar, o calendário 2018 do Bolsa Família é organizado de forma que os pagamentos sejam iniciados para que os beneficiários do programa que possuem o número 1 recebam primeiramente, e depois segue em ordem crescente até finalizar no dígito 0. Note que as datas são variáveis, ou seja, a data de saque do benefício cai em uma data diferente a cada mês.

O que é o Calendário Bolsa Família?

Para ter de forma organizada os pagamentos do benefício e evitar transtornos nos postos de pagamento, o Calendário Bolsa Família teve início. Junto com a implantação do benefício foi iniciado o calendário.

De acordo com o calendário bolsa família 2018 os pagamentos normalmente são liberados entre o dia 15 e o dia 30 de cada mês, e os pagamentos são efetuados de acordo com o final do número de cada cartão.

Como consultar o saldo do Bolsa Família

Se você deseja consultar o saldo do seu Bolsa Família só é preciso prestar bastante atenção e seguir esse procedimento simples:

Saldo do Bolsa Família Online

Na internet, você deve acessar o site da Caixa, clicar sobre o menu “Benefícios Sociais” e em seguida sobre “Bolsa Família”. Na nova janela, é só clicar sobre o botão “Acessar minha conta” ou, se preferir, poderá agilizar o procedimento clicando neste link (https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br.).

Caixa Abono Salarial

Caixa Abono Salarial

Ao ser redirecionado para uma nova página será preciso informar o número do seu NIS (PIS/PASEP) e sua “Senha internet”. Se não tiver é só clicar sobre o botão “Cadastrar senha” para criar a sua. E, se tiver dúvida quanto ao seu NIS é só verificar o número que se encontra no seu cartão Bolsa Família, que é o número do seu cadastro.

Após preencher corretamente o formulário é só clicar sobre o botão “Enviar” para que o sistema lhe apresente a área exclusiva com todas as informações referentes ao seu beneficio.

Pagamentos do Bolsa Família 2018

Se você deseja saber quando será realizado o pagamento do seu benefício, você deve apenas conferir o número do seu cartão no calendário bolsa família 2018.  Os beneficiários que possuem o número do cartão com o final “1”, são os primeiros a receberem o pagamento, e costumam recebe-lo perto do dia 15 de cada mês, já os com final “0” são os últimos, e normalmente recebem o pagamento nos dias 30 e 31 de cada mês.

A separação de datas de pagamento foi implantada para evitar a superlotação em agências da Caixa Econômica Federal, caso ocorresse de todas as pessoas irem realizar o saque do benefício no mesmo dia. O cidadão beneficiado pelo programa tem o prazo de 90 dias para realizar o saque do benefício, dessa forma, não é necessário ter pressa.

Consulta Bolsa Família

Para realizar a consulta do saldo Bolsa Família são disponibilizadas três maneiras, são elas:

  • Através do Aplicativo Bolsa Família para smartphones (disponível para as principais plataformas de celulares gratuitamente);
  • Pela consulta pública do Bolsa família;
  • Pela consulta do bolsa família pela internet, pelo portal do Cidadão Caixa.

Consulta pública Bolsa família

A consulta pública do Bolsa Família pode ser realizada de 3 formas pelo o portal do SIBEC da Caixa Econômica Federal Família, são elas: por UF (estado), por município, ou por família.

  • Na consulta por estado, é possível descobrir o valor investido no programa em cada UF mês a mês;
  • Na consulta por Município, é possível descobrir o valor investido no programa, quem são as famílias beneficiadas, isso em cada município e cidade;
  • Na consulta por família, para conseguir conferir seus dados é necessário apresentar o número de identificação do Cartão do Bolsa família, e após isso, você saberá quanto foi destinado a tal grupo familiar de acordo com o calendário bolsa família 2018.

A consulta pública Bolsa Família 2018, pode ser realizada acessando o site do SIBEC, e após isso basta escolher a opção que você deseja.

Consulta Bolsa Família pela Internet

Outra maneira de realizar a consulta do saldo do benefício é pelo Portal Cidadão Caixa, local onde é informado informa os dados de muitos benefícios importantes, tais como, saldo e calendário Bolsa família 2018, datas de pagamento do PIS, valor do Seguro desemprego, FGTS e bolsa atleta.

Se você deseja consultar o saldo, basta acessar a página do Portal cidadão através do site (https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01) e informar:

  • O número impresso no cartão do Bolsa Família (NIS);
  • A senha da internet (caso você nunca tenha usado esse sistema, basta clicar no botão Cadastrar Senha na parte inferior da página).

Após acessar o Portal, basta que você usuário clique na guia “Bolsa Família”, na parte superior da página para consultar o saldo do benefício e o calendário bolsa família 2018.

Como Sacar o Bolsa Família

O saque do Bolsa Família é realizado de uma forma muito simples, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, lotérica ou caixa eletrônico com seu cartão e seu documento de identidade. Lembrando que o saque do benefício só pode ser efetuado após a data de liberação do Calendário Bolsa Família 2018.

Alguns postos de atendimentos são habilitados para pagar o valor do benefício as famílias, confira a seguir:

  • Pontos de atendimento “Caixa Aqui”;
  • Terminais de autoatendimento em agências da Caixa;
  • Lotéricas vinculadas à Caixa;
  • Boca do caixa em agências da Caixa Econômica Federal.

O ideal é que o saque do benefício seja realizado pessoalmente pelo beneficiado que possui o nome no cartão. Para efetuar o saque são necessários alguns documentos, como:

  • Cartão Bolsa Família;
  • Documento que lhe identifique com foto.

Se você deseja receber o valor do seu benefício diretamente na sua conta, seguindo as datas estabelecidas pelo Calendário Bolsa Família 2018 basta abrir uma Poupança Caixa Fácil. Dessa maneira, sempre que o pagamento do benefício for efetuado, você não precisará enfrentar filas e comparecer a lotéricas vinculas a Caixa ou em pontos de atendimento “Caixa Aqui”.

Reajuste do Bolsa Família 2018

O reajuste do programa Bolsa Família 2018 foi anunciado, o valor sofreu um aumento de 12,5%, atualizando todos os valores de benefícios do programa, confira a seguir:

  • Benefício Básico: Para possuir direito a esse benefício, é necessário ter renda familiar média de R$85,00, esse benefício é disponibilizado no valor de R$85,00 por grupo familiar em situação de pobreza extrema.
  • Benefício Variável 0 a 15 anos: Benefício no valor de R$39,00 por criança cadastrada em cada grupo familiar;
  • Benefício Variável Gestante: Parcela disponibilizada no valor de R$ 39,00 por cada membro da família que possuir alguma gestante. Serão pagas 9 parcelas para cada gestante cadastrada, e mesmo em caso de aborto espontâneo antes do final da gestação as parcelas serão pagas.
  • Benefício Variável Nutriz: parcela de R$ 39,00 paga a famílias com nutrizes (crianças com idade entre 0 a 6 meses)
  • Benefício Variável Jovem: R$45,00 por adolescente cadastrado em no grupo familiar, sendo possível cadastrar até 2 jovens por grupo familiar. Para efeito de cálculo, considera-se crianças as pessoas entre 0 e 15 anos de idade, e adolescentes quem tem entre 16 e 17 anos de idade;

Uma coisa que devemos ficar atentos é que cada grupo familiar só possui o direito de acumular 2 benefícios variáveis. Sendo assim, cada grupo familiar poderá receber mensalmente apenas R$ 372,00 com os benefícios variáveis, mais R$ 85,00 caso a família esteja em situação de pobreza extrema.

Quem tem direito ao Bolsa Família 2018

O programa Bolsa Família 2018 foi criado para atender uma parcela específica da sociedade e, sendo assim, podem participar do programa as famílias que se enquadrem nas situações seguintes, a saber:

  • Famílias em situação de pobreza (que recebem renda individual mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00);
  • Famílias em situação de extrema pobreza (que recebem renda individual mensal de até R$ 85,00);
  • E que tenham em sua composição gestantes, crianças e/ou adolescentes com até 17 anos de idade.

Requisitos do Calendário

Para que a família beneficiada continue recebendo o benefício do Programa Bolsa Família, existem alguns requisitos a serem seguidos, são eles:

  • Crianças entre 0 e 7 anos de idade precisam manter em dia o cartão de vacinação com todas as vacinas obrigatórias;
  • Mulheres na faixa de idade entre 14 e 44 anos de idade precisam fazer o acompanhamento médico regular;
  • Crianças entre 6 e 15 anos de idade precisam ter frequência escolar mínima de 85%;
  • Jovens entre 16 e 17 anos de idade precisam ter frequência escolar mínima de 75%;
  • No caso de mães que amamentam, é necessário participar das atividades oferecidas pelo Ministério do Desenvolvimento Social sobre aleitamento e alimentação saudável para crianças;
  • No caso de gestantes, é obrigatório fazer todas as consultas de pré-natal, de acordo com o calendário do Ministério da saúde;
  • É necessário se enquadrar nos requisitos socioeconômicos obrigatórios do ministério do Desenvolvimento Social.

Se o grupo familiar não cumprir com algum dos requisitos acima, o benefício poderá ser cortado, bloqueado até que a família volte a cumpro-los novamente, ou poderá ser cancelado definitivamente caso haja fraude no programa.

Calendário Bolsa Família 2018 pelo Celular

A nova vantagem do programa Bolsa Família é que os beneficiados pelo programa não precisarão mais ir até uma agência da Caixa Econômica Federal para consultar o Calendário Bolsa Família. Agora quem tem smartphone Andoid, iOS ou Windows Phone pode instalar o aplicativo do benefício em seu celular, e inserir o seu número do NIS, e pronto! O aplicativo já pode começar a ser utilizado. No aplicativo você pode consultar o calendário e diversos outros processos do programa com muita comodidade, sem precisar sair de casa.

Através do aplicativo do programa, o usuário poderá:

  • Consultar o calendário de pagamentos Bolsa Família 2018;
  • Encontrar o ponto de saque mais próximo, facilitando a retirada do benefício;
  • Consultar o saldo e as parcelas do seu benefício;
  • Conferir as datas de pagamento das próximas parcelas do Bolsa Família.

Não perca tempo, baixe já o aplicativo e tenha essa grande facilidade em acessar o calendário rapidamente e sem precisar sair do lugar onde está.

Aplicativo Caixa bolsa família

Aplicativo Caixa bolsa família

Como se cadastrar no Bolsa Família

Para realizar o cadastro no programa Bolsa Família é muito simples, basta seguir alguns passos, confira abaixo:

  1. Comparecer à secretaria de serviço social de seu município, ou comparecer a qualquer outro órgão equivalente que seja responsável pelo cadastro do programa Bolsa Família na sua cidade.
  2. Você obrigatoriamente precisa levar os documentos de identidade e CPF de todos os membros da família que será beneficiada e que você deseja cadastrar, além de comprovante de matrícula de crianças e adolescentes quem fazem parte do grupo familiar.

Após se cadastrar você deve conferir junto com um assistente social quais os documentos necessários para dar prosseguimento no cadastro. O próximo passo é apresentar documentos que comprovem o local de moradia do grupo familiar, e documentos de comprovação de renda.

Depois de realizar a entrega de documentos, o Ministério do Desenvolvimento Social analisará a documentação, e de acordo com os dados cadastrados e com a documentação entregue pelo grupo familiar, será decidido se a família terá o direito de receber o benefício ou não.

Os resultados de aprovação do benefício são divulgados a cada mês, e a seleção leva em consideração principalmente os dados sobre a composição do grupo familiar e a renda de cada membro do grupo.

Recadastramento

O Recadastramento do Bolsa Família 2018 é muito importante, pois é através deste procedimento que o Governo consegue analisar e acompanhar os benefícios de modo que os mesmos cheguem somente as famílias necessitadas. E quando se percebe algum erro, falha ou irregularidade o beneficio é logo suspenso.

Todos os beneficiários do programa recebem uma carta que é enviada pelo Ministério do Desenvolvimento Social ou então através de um aviso que aparece no extrato do seu saque. Desta forma, é importante que se observe atentamente todas as informações que aparecem no papel que poderá ser desde expressões como “averiguação cadastral” como também “revisão cadastral”, que significam que o beneficiário deve realizar o recadastramento o mais rápido possível para não ficar sem o recebimento do Bolsa Família 2018.

Cartão Bolsa Família

Após ser aprovado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o cartão do Bolsa Família será enviado pelo correio a residência do grupo família. Para realizar o saque do benefício nos postos de atendimento é obrigatório o uso do cartão, mas não se esqueça que antes de ser usado, o cartão precisa ser desbloqueado em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Se ao decorrer de 1 mês a família não receber o cartão em sua casa, deve entrar em contato com o número de telefone 0800 726 0101.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votes, average: 5.00 out of 5)
Loading...

CONTINUE LENDO

Deixe seu comentário!

Comments are closed.